www.centrallestenoticias.com.br
www.saomiguelpaulista.com.br
www.itaimpaulista.com.br

São Miguel terá ciclovia no centro comercial

Publicada em: 02-06-2016

Daniele Amorim/colaboração
Atualizado 02/06 às 17h50

 

                                                                                                                                           Daniele Amorim/CLN

Evento discutiu a implementação do projeto de redequação no centro comercial de São Miguel

 

O centro comercial de São Miguel, zona leste da cidade, terá ciclovia. A via passará pela praça Getúlio Vagas e tem previsão para ser implementada durante a primeira fase da requalificação urbana do bairro que se iniciará neste mês.

 

O anúncio foi feito pelo diretor da SPNegócios, Ciro Birderman, 50, na apresentação que aconteceu hoje (2) na Escola Estadual Dom Pedro I sobre o projeto de readequação dos espaços viários no centro de São Miguel.

 

O primeiro passo para o projeto é a mudança de velocidade máxima permitida no perímetro do centro comercial.  A readequação ocorreu em setembro do ano passado em uma área de 500 m² da região que foi modificada para 40 km/h.

 

A ideia é que as calçadas de 28 pontos desta área sejam ampliadas e dêem mais espaço para os pedestres e os ciclistas. No projeto também estão previstos a expansão de duas praças, Getúlio Vagas e a José Candini, junto com a ligação de uma ciclovia na rua Arlindo Colaço.

 

Conheça aqui mais detalhes sobre o projeto da Prefeitura
(Ativar abertura janela popup no navegador)

 

 


Região de 500 m² do centro comercial de São Miguel será contemplado pelo projeto 

 

Em sua segunda fase, o foco será a avenida Marechal Tito onde será ampliado a extensão das calçadas e haverá a criação de um calçadão na rua José Otoni. A execução está prevista para junho de 2017.

 

De acordo com Birderman, São Miguel é a primeira região de São Paulo que terá este tipo de projeto implementado.  O orçamento é estimado em 5 milhões de reais.

 

Na reunião de apresentação também estava presente a ex-secretária de transporte da gestão do prefeito Bloomberg de Nova York, Janette Sadik-Khan, ela explicou que com a ampliação de projetos como este fez com que o índice de morte no trânsito diminuísse 79% na cidade americana.

 

A coordenadora pedagógica Angela Barbosa, 43, assistiu a palestra de inauguração do projeto e acredita que sua execução é muito positiva para a região: "É muito importante para a cidade porque vai reduzir os acidentes, as pessoas vão se locomover mais dentro do bairro"

 

O autônomo Celso Franco, 51, acredita que o centro comercial do bairro é um bom ponto para a requalificação: "O projeto é muito bom, a gente evita os acidentes. A [avenida] Marechal Tito é comprovada que tem o maior número deles e um projeto como esse vai evitar muito os acidentes, os hospitais vão ficar vazios. A ideia é ótima, basta coragem e competência para colocar em prática".

 

Por que São Miguel?

 

De acordo com Ciro Birderman, a ideia de utilizar a região de São Miguel como o primeiro lugar para a readequação desse porte foi por conta dos altos índices de acidentes na região: "Aqui é uma das áreas com as maiores concentrações de acidentes de São Paulo, então precisamos fazer alguma coisa. Esse é um subcentro muito importante da zona leste".

 

De acordo com o estudo da CET (Companhia de Engenharia e Tráfego),  em 2014 a avenida Marechal Tito foi a via mais perigosa para pedestres. No estudo apresentado foi registrado 11 mortes, todas por atropelamento.

 

 


 

Outras Matérias

Comente essa notícia

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

 

Draw My Life: Itaim Paulista
405 anos de história

São Paulo (SP)

Copyright © 1998-2016 CLN-Central Leste Notícias. Todos os direitos reservados.

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da CLN