www.centrallestenoticias.com.br
www.saomiguelpaulista.com.br
www.itaimpaulista.com.br

Estudante do Jardim Helena entra em universidade portuguesa com nota do ENEM

Publicada em: 14-07-2016

 

Daniele Amorim/colaboração

 

                                                                                                                                           Daniele Amorim/CLN

Após ingressar em uma universidade portuguesa, Beatriz faz uma "vaquinha virtual" para arcar com sua estadia

 

Estudar no exterior pode ser uma realidade para estudantes brasileiros. Desde 2014 é possível utilizar a nota do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) para ingressar em uma das instituições portuguesas que aceitam a prova como substituição do vestibular tradicional.

 

A estudante Beatriz Cascardo, de 20 anos, é uma delas. A moradora do Jardim Helena, zona leste da cidade, conseguiu a chance de ingressar no curso de arquitetura na Universidade do Porto, no noroeste de Portugal, para o segundo semestre desse ano utilizando a nota da prova do ENEM de 2013 em que teve a média de 740 pontos. Porém, além de sua pontuação no exame, foram analisados o seu portfólio, currículo acadêmico e uma entrevista por vídeo conferência foi feita para a aprovação da candidata.

 

Beatriz já havia começado o curso de arquitetura em São Paulo, porém, por conta do aumento da mensalidade da instituição privada em que estudava, ela decidiu suspender os estudos e inscrever-se em vestibulares de universidades públicas brasileiras e na Universidade do Porto, que foi recomendada por professores de sua antiga faculdade.

 

Para custear a passagem, documentação do consulado, candidatura, matrícula e a primeira mensalidade, a estudante criou uma "vaquinha virtual" para receber a contribuição de doações para arrecadar o valor de 8.153,00 reais. Clique aqui para contribuir. Caso ela não consiga o valor desejado virtualmente, Beatriz começará a vender doces caseiros para custear sua estadia em Portugal. A universidade do Porto tem um mensalidade de 200 euros que na cotação atual equivale à 717 reais.

 

Apesar de querer estudar em outro país, a moradora do Jardim Helena gostaria de implementar seus ensinamentos para melhorar a região onde vive: "Para mim o grande problema daqui [em São Miguel] é a quantidade de pessoas em comparação com a quantidade de espaços verdes. Eu colocaria mais espaços de lazer, acima de tudo somos um bairro e é bom nos conhecermos."

 

Ensino superior em outro país

Após uma alteração na legislação portuguesa que permite que universidades criem processo seletivos para estudantes de outros países em 2014, houve uma grande expansão de estudantes estrangeiros nas instituições de ensino superior no país.

  

A primeira instituição a firmar um acordo com o INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) para utilizar a nota do ENEM como o substituto do vestibular tradicional foi a Universidade de Coimbra.

 

Atualmente são 14 instituições portuguesas que firmaram esta parceria com o órgão, são elas: as universidades de Coimbra, Algarve, Aveiro, Lisboa, Porto e os institutos Politécnicos de Guarda, Portalegre, Porto, Leiria, Beja, Barcelos e Coimbra. 

 


 

Outras Matérias

Comente essa notícia

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

 

Draw My Life: Itaim Paulista
405 anos de história

São Paulo (SP)

Copyright © 1998-2016 CLN-Central Leste Notícias. Todos os direitos reservados.

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da CLN